Why contemporary romance is my favorite genre | Porque é que o românce contemporâneo é o meu género favorito

🇵🇹 🇬🇧

Here is the problem…

Contemporary romance got known, at least in Portugal, when Fifty Shades of Grey turned into a movie. Every time I mention that contemporary romance is my favorite genre, the answer to that usually is “oh, is that like the Fifty Shades?”. And thanks to that, people associate contemporary romance with explicit sex scenes. Well, news flash, there are tons of contemporary romance books out there that are actually sexless.

A little bit of history…

After the Second World War there was an urgent need of labor force to work on the post-war reconstruction and since there weren’t enough men to do the job, the government started encouraging women to work (imagine that!) The same women that until then only had to take care of their husband, house and kids. And what does this have to do with contemporary romance, you may ask? Everything, because this is how contemporary romance was created.

The World War II lasted from 1939 to 1945, and so in late 1960s women started working not only to substitute the need for men in the workforce but also because they were good at what they were doing!

So basically, contemporary romance was created in around 1970, and here’s how I know this…

What is contemporary romance…

Contemporary romance can be described by two important topics:

  • It contains elements that date the book;
  • Heroine keeps a career after marrying (which we now know that only happened in the late 1960s).

Looks like nothing right? But this makes a big difference. If you’re reading a book about a story in which Facebook didn’t even exist, it’s not a contemporary romance; but if you’re reading a book and some character has the most recent iPhone then well, you are reading a contemporary romance. If you’re reading a book and the heroine quits her job just because her husband said so, it’s not contemporary romance; but if you’re reading a book and the heroine keeps her job regardless of what her husband said, then you’re reading a contemporary romance. But basically, the main rule is that any romance written before 1970 is not a contemporary romance.

IMG_0331.jpg

Why contemporary romance is my favorite genre…

And this is why contemporary romance is my favorite genre: it’s because in this genre women are just as important as men! And that’s really important to me! I like to be as independent as I can, have my own job and don’t need a man to survive (financially, because obviously, my heart needs my man!). And I just don’t like to see it when women don’t have the right to have a job because they were born with a vagina! And let’s not start on the equal pay or I’ll be here ranting all day!

If you haven’t read the entire post, read this: contemporary romance is known for featuring a heroine that keeps her career after her marriage and that is the main reason why contemporary romance is my favorite genre!


🇵🇹

O problema é…

 Romance contemporâneo passou a ser conhecido, pelo menos em Portugal, quando as Cinquenta Sombras de Grey se tornaram num filme. Sempre que digo que romance contemporâneo é o meu género favorito, a resposta típica que recebo é “ah, isso é como as Cinquenta Sombras?”. E graças a isso, as pessoas passaram a associar romance contemporâneo com cenas de sexo explicitas. Mas eu tenho uma novidade para vos dar: há muitos livros de romance contemporâneo publicados que na realidade não têm cenas de sexo.

Um bocadinho de história…

Depois da Segunda Guerra Mundial a necessidade de mão de obra para a reconstrução do que estava destruído era urgente, e uma vez que não haviam homens suficientes para tanto trabalho, o governo começou a motivas as mulheres a trabalhar (imaginem só!). As mesmas mulheres que até à data só tinham que cuidar do marido, da casa e dos filhos. E o que é que isto tem a ver com romance contemporâneo, perguntam vocês? Tudo, porque foi graças a isto que o romance contemporâneo foi criado.

A Segunda Guerra Mundial deu-se de 1939 a 1945, e assim nos finais dos anos 60 as mulheres começaram a trabalhar não só pela falta de homens disponíveis mas também porque elas eram realmente boas no que faziam!

Portanto, muito basicamente, o romance contemporâneo foi criado algures em 1970, isto porque…

O que é romance contemporâneo…

O romance contemporâneo pode ser descrito por dois importantes tópicos:

  • Contém elementos que datam o livro no tempo;
  • A heroína mantém uma carreira profissional depois do casamento (o que, como agora sabemos, só começou a acontecer nos finais dos anos 60).

Não parece nada não é? Mas isto faz uma grande diferença. Se estás a ler um livro acerca de uma história na qual ainda não existe Facebook, então não é um romance contemporâneo; mas se estás a ler um livro no qual uma personagem tem o mais recente iPhone, então sim estás a ler um romance contemporâneo. Se estás a ler um livro cuja heroína desiste do seu emprego só porque o marido lhe disse para o fazer, não é romance contemporâneo; mas se estás a ler um livro no qual a heroína continua a trabalhar independentemente do que o seu marido diz, então estás a ler um romance contemporâneo. Mas basicamente, a regra principal é que qualquer romance escrito antes de 1970 não é um romance contemporâneo.

IMG_0038.jpg

Porque é que romance contemporâneo é o meu género favorito…

E este é o motivo pelo qual romance contemporâneo é o meu género favorito: é porque neste género as mulheres são tão importantes como os homem! E isso é muito importante para mim! Eu gosto de ser independente, ter o meu próprio emprego e não precisar de um homem para sobreviver (financeiramente, porque obviamente, o meu coração precisa!). E eu não gosto de ver quando as mulheres não têm o direito ao emprego só porque nasceram com uma vagina! E não comecemos sequer a falar da diferença de salários senão vamos ficar aqui o dia todo!

Se não leste o post inteiro, pelo menos lê isto: romance contemporâneo é conhecido por apresentar mulheres que mantém o seu emprego depois do casamento e essa é a razão pela qual romance contemporâneo é o meu género favorito!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this:
search previous next tag category expand menu location phone mail time cart zoom edit close